terça-feira, 25 de setembro de 2018

Organizações pré-viagem parte 1

Antes de qualquer tipo de viagem, uma coisa é fundamental: Planejamento.
Para isso, eu sempre gosto de dar a dica para que as pessoas ponham os gastos previstos numa planilha ou em um caderninho, pois assim tudo se torna muito mais fácil, e você consegue ver até onde as suas finanças aguentam os seus sonhos, e evita que a gente dê o famoso passo maior que as pernas.


Para isso, comece sempre pesquisando com antecedência o preço das passagens de avião, filtrando as Companhias Aéreas de acordo com o local de destino. Por exemplo, viajando pra Europa, sabemos que a Air Europa é uma das companhias com valor mais em conta, principalmente se o seu destino for a Espanha, já que a empresa é justamente de lá. Esta também passa a ser uma boa opção para quem busca viajar para Portugal, já que Espanha e Portugal são países vizinhos, e a viagem se torna bastante tranquila entre um país e outro.
Já se você for pesquisar vôos pela TAP, por exemplo, vai encontrar por diversos valores, porém, geralmente são tarifas bastante mais altas do que as da Air Europa.

Relembrando quando eu e Vivi pousamos em Madrid em fevereiro de 2015


Outro fator importantíssimo é você acompanhar a cotação da moeda do país de destino. Fique de olho com antecedência no valor da moeda do país que você vai, buscando sempre comprar nos períodos de baixa. Por exemplo, o euro atualmente tá beeem carinho (R$ 5!!!!!), principalmente se compararmos a época que fiz intercâmbio a alguns anos.


É também fundamental que você se atente a questões como: a quantidade de malas que a sua passagem aérea te permite levar (alguns vôos ficam bastante mais baratos por não haver franquia de bagagem). Sem contar, claro, com as novas restrições a respeito das dimensões e peso das malas que temos hoje em dia.
Com tanta empresa imitando o famoso "Padrão Ryanair", e com a própria Ryanair criando um novo e quase impossível padrão para bagagem de cabines, a gente precisa se virar com pouco espaço na mala.



E, obviamente, aqueles cuidados de praxe como: 
Observar se o país de destino necessita de visto para a entrada no mesmo (Ex: Estados Unidos), e se o mesmo não necessitar (Como os países da União Europeia), que você tenha os documentos e comprovativos necessários para a sua estadia: Acomodações, reserva de dinheiro, seguro saúde, passagem de retorno, etc.


Aos poucos vou postar um pouco das etapas Pré-viagem 2019 de Naty Pelo Mundo. Fiquem ligados!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário