sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Naty pelo Mundo: Portugal!



Oioi pessoal!

Tô de volta pra contar a vocês o resto das minhas andanças do post anterior por aqui pela Europa...
Bem, como eu disse na postagem anterior, o avião que tomamos Brasil-Espanha era bem bacana, espaçoso e elegante, enquanto que o avião Espanha-Portugal já era menor e semelhante aos vôos domésticos daí do Brasil.

Eu estava com um pouco de fome, mas tudo era pago. TU-DO. E, claro, naqueles preços absurdos de cias Aéreas... Então eu voltei a dormir, e nem me esquentei em comer mais nada.
A viagem de Madrid para Lisboa tem duração de apenas 1h, vejam que legal! É como pegar um avião Salvador-Recife!

essa foto é do google, mas é pq não tirei nenhuma kkkk


Ao chegar em Lisboa, estávamos felizes por já ter chegado até Portugal. Faltava apenas alguns Km's até Coimbra, nosso destino final.
Diferentemente do aeroporto de Madrid, o de Lisboa é MUITO confuso. Nós desembarcamos em uma ala do aeroporto, e as esteiras de bagagem ficavam em um lugar extremamente longe da sala de desembarque. Para vocês terem uma ideia, nós descemos escadas pelo menos duas vezes.

Após pegarmos a bagagem, passamos por algo um pouco assustador, nós passamos pela alfândega. Na vez de Vivi passar, o fiscal perguntou de onde ela vinha e a encaminhou para uma sala. Fiquei assustada! Já estava imaginando nós duas numa sala explicando que estávamos indo a estudos... (até porque, ouvimos dizer que os portugueses detestam brasileiros).
A pior parte: Na minha vez de passar por ele, ele me mandou seguir adiante. Estávamos separadas e eu fiquei desesperada!

Saí dos portões de desembarque e fiquei esperando ela sair. Já estava imaginando que eu ficaria ali por horas esperando ela, mas em menos de 10 minutos, Vivi saiu e nós pudemos ficar juntas novamente. 
Bem, chegado em Portugal, nosso próximo passo seria  ir até Coimbra. Pegamos a recomendação de uma amiga que mora em Coimbra de que a melhor forma seria tomar um taxi no aeroporto até a rodoviária e de lá, pegar um autocarro (ônibus) até Coimbra.

Explicando rapidamente: Há duas formas de vir a Coimbra. Autocarro (Ônibus), ou Comboio (Metrô). Se  optar pelo autocarro, deve ir até a Estação Sete Rios (há duas rodoviárias em Lisboa, mas só essa tem ônibus para Coimbra), e lá deve pegar o ônibus até Combra.
Segundo relatos de colegas que vieram de Comboio, o acesso é ruim, principalmente para quem tem muitas malas.

outra foto do google


Pois bem, pegamos informação sobre taxi no aeroporto, e eles disseram que a corrida fechada até a rodoviária custaria 23 euros, mas tinha um ônibus (por apenas 3 euros) que passava nessa estação que iríamos.
Juro que tentamos pegar este ônibus de 3 euros, mas ele nunca vinha, e depois, era mais seguro de taxi, já que a gente não conhece nada em Lisboa. 
Pegamos um taxi e confiamos no taxímetro, porque francamente, 23 euros é grana a beça

Graças a Deus não fechamos a corrida antes. Pelo taxímetro a corrida deu 9 euros + 3 euros das bagagens que eles cobram para levar. A propósito, o taxista era ótimo e super gentil!
Compramos nosso  bilhete na rodoviária e após 2h e 30min de viagem, estávamos em Coimbra... Morrendo de fome. E frio!

Entramos numa lanchonete na saída da rodoviária, e pedimos um café quente com umas rabanadas que me deram água na boca. O café nos aqueceu, mas a rabanada estava gelada e nada parecida com a que minha mãe faz (a melhor rabanada do  mundo, dá licença).
De lá, corremos pra pegar um taxi e fomos até a casa de dona Fátima, a senhora que está "arrendando" um quarto para nós. Chegamos igual a dois cubos de gelo na casa dela.

Estávamos tão engraçadas que até D. Fátima estava rindo de nós


Graças a Deus, só há pessoas boas em nosso caminho, e dona Fátima é uma delas! Ela e a irmã nos receberam extremamente bem, nos colocaram na cama com várias camadas de coberta, e "botijas"  (bolsa d'água) quentes para nos aquecer!



Esse foi o relato de nossa chegada a Portugal! Mais vem por aí! continuem acompanhando!

2 comentários: