sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Pré-intercâmbio: Desabafos


Quem quer que tenha te dito que intercâmbio é para qualquer um, escondeu o fato que é para qualquer um com uma boa reserva de dinheiro.

Tá, talvez eu esteja exagerando, mas o fato é que intercâmbio é para quem é rico. Nessas últimas semanas tenho sofrido um pouco em relação aos custos. Minha viagem está cada vez mais próxima (embarco em Fevereiro de 2015), e os custos só aumentam. E isso se torna duplamente pior porque eu e minha irmã estamos indo juntas. Ou seja, todos os gastos são multiplicados por dois.



Com o visto agendado, e a maioria da documentação encaminhada, ainda falto os dois maiores gastos do pré-intercâmbio: passagens e seguro saúde.

O seguro saúde eu falarei em outro post, pois vou explicar porque não vou fazer o famoso PB4, e sim optar por um seguro privado, mas já vou adiantando que os seguros com melhores coberturas saem em média por 2.000 (dois mil) por pessoa.



As passagens também são preocupantes. Estou pesquisando todos os dias e a cada minuto eu só vejo os preços subindo cada vez mais e mais. Normalmente a faixa de preço que estou encontrando oscila entre 6.000 (seis mil) a 10.000 (dez mil) ida e volta de nós duas juntas.

Somando tudo, o orçamento da nossa viagem está saindo por pelo menos 10.000 (dez mil) reais. É caro. É difícil. É preocupante… Mas eu preciso ir.



Eu preciso ir porque é uma chance única em minha vida. Mesmo com todos os gastos que terei de arcar, ainda assim tenho que ir. Não estou dizendo que em todo intercâmbio você irá gastar tudo isso, ainda mais se você estiver indo por um programa como o Ciência Sem Fronteiras, que te dá uma SUPER ajuda de custo. Também não estou reclamando do programa da minha universidade que não ajuda a custear passagem e outros gastos, mas estou reclamando do tanto que tô tendo que me desdobrar para conseguir pagar tudo isso.

Que vida dura, amigos! Mas torçam por mim, porque eu tenho que conseguir embarcar em Fevereiro… E de preferência pagando 3.000 a ida+volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário